Arquivo do Autor

Almost a Blood Money

Ontem no Fantástico passou uma reportagem de um homem que ganhou na mega-sena a quatro anos e seu pai e irmão contratarem pistoleiros para matá-lo e ficar com a grana.

Link da reportagem completa.

O ganhador ao receber o premio de R$ 28.244.624,32 deixou seu pai que trabalhava como diretor de um banco administrar a quantia, já que ele como instalador de vidro não saberia o que fazer. O ganhador foi inteligente nesse ponto, o pai é uma figura de inteira confiança e já que tinha Know How era a pessoa ideal para tomar conta do dinheiro, portanto ele não ficou nada preocupado.

Quando o ganhador quis pegar seu dinheiro de volta o pai não devolveu, depois de entrar na justiça, a dois anos atrás, o pai entregou 14 milhões em propriedades para o ganhador. A briga pela posse da fortuna continuou até que o pai e irmão resolveram acabar com isso da maneira mais fácil, contratar um pistoleiro para dar cabo do filho. Esquema descoberto, pai, irmão e pistoleiros presos (pai solto agora, mais isso não tem importância).

Agora o filho diz que o dinheiro destruiu sua família e que agora só vai andar com segurança particular e em carro blindado:

Primeiro, essa afirmação de que o dinheiro destruiu sua família é falsa, pois não foi o dinheiro que causou isso, o pai desse homem já devia ser assim muito antes do premio, apenas não era percebido. O dinheiro, nesse caso, não cria nas pessoas a ganância, ele apenas mostra quem as pessoas realmente são. Esse é um pai que provavelmente nunca amou esse filho, se tivesse havido um pingo de amor, a ganância nunca iria fazer ele matar seu próprio filho.

Segundo, segurança e carro blindado pra que meu Deus? Me responda o que esse cara ainda está fazendo na mesma cidade que morava? Ele tinha que vender tudo, casas, fazenda, cabeças de gato, tudo mesmo. Contratar a melhor firma de advocacia pra cuidar do seu caso e vazar para Europa, Estados Unidos, Japão, etc. Quem que os está segurando aqui? A Família que não é.

Agora sem querer fazer piada com a desgraça dos outros, mas já pensaram como vai ser a situação na ceia de Natal? Mais tenso que subir morro.

Anúncios

Ó, Canadá

Aqui vou por algumas curiosidades a respeito do Canadá.

– O Canadá é o segundo maior país do mundo, com 9.971,000 quilômetros quadrados de área;

– Com apenas 3 pessoa por quilômetro quadrado, o Canadá tem a quarta menor densidade demográfica do mundo;

– Vancouver é considerada a melhor cidade do Canadá para se viver e a 3ª melhor do mundo;

– De acordo com a pesquisa do IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) da ONU, o Canadá tem a maior qualidade de vida do mundo;

– O Canadá tem a nona maior economia do mundo;

– O Canadá tem um dos maiores índices de instrução universitária do mundo;

– As universidades canadenses estão entre as melhores do mundo;

– Os custos de educação e vida para estudantes estrangeiros no Canadá estão entre os mais baixos do mundo;

– O Canadá é um país multicultural. Em razão de sua diversidade étnica, você se sentirá à vontade no Canadá;

– As mulheres são responsáveis por 45% da mão-de-obra do país

– O Canadá possui duas línguas oficias, o inglês e o francês e outros vários dialetos.

– O Canadá possui dois hinos, sendo um em inglês e o outro em francês, e ainda uma junção dos dois;

– Não é ilegal fazer download de propriedade intelectual, mas é ilegal fazer upload ou distribuir de qualquer forma.

– Os canadenses gostam principalmente dos esportes de inverno, sendo o Hockey a paixão nacional.

– O Canadá é terra de diversas invenções, incluindo basquete, lâmpada elétrica, microscópio eletrônico, televisão, telefone, zíper, luva de baseball  e outros.

___________________

Vale lembrar que eu colhi essas informações pela internet, qualquer coisa errada não é culpa minha.

They are alive.

Primeiro venho me justificar por não postar esse final de semana mas não tinha como mesmo. Curso, visita técnica e ainda por cima o fim de Legend of the Seeker e LOST. Não tinha como eu escrever.

Agora vamos falar de LOST, falar desse final espetacular que a série nos proporcionou.

Spoiler para quem não viu o último capitulo.

Continue lendo

Que se faça a vida

J. Craig Venter, esse é o nome que todo mundo que estuda, estudou, ou pretende estudar algo relacionado a ciências da saúde e biológicas sabe.

Pioneiro na área Biotecnológica, ele revolucionou o processo de mapeamento do Genoma Humano, sendo que ele foi o primeiro homem a ter o código genético sequenciado. Depois disso ele substituiu o DNA de uma bactéria pelo DNA de outra bactéria de outra espécie, fazendo com que a célula original se transformasse, mudando assim a espécie da célula. E agora ele criou uma bactéria com o DNA criado em laboratório.


Como estudante e Biotecnologia isso é pra mim um marco na historia mundial, a gama de possibilidades que essa tecnologia pode gerar é extraordinária, sendo que a criação de um genoma sintético é apenas o primeiro passo para uma revolução biotecnológica. Com essa tecnologia há à possibilidade de criação do primeiro ser vivo sintético, uma nova espécie totalmente desenhada por humanos. Essas novas formas de vida podem fazer trabalhos extraordinários de todos os tipos, como produção de combustível, degradação de resíduos tóxicos, produção de remédios e vacinas, entre infinitas possibilidades.

É claro que como toda tecnologia ela pode ser usada pelo lado negro da força. A produção de armas biológicas, vírus e bactérias letais é algo com que se deve ter preocupação, mas os riscos são infinitamente menores do que por exemplo o Irã por as mãos em uma arma nuclear.  Esse medo não pode nunca é frear o avanço tecnológico, sendo que é uma tecnologia muito restrita e de alto controle e é impossível de ser utilizada numa caverna ou laboratórios de metanfetaminas.

Eu espero que muito em breve eu faça um post novamente sobre o J. Craig Venter, postando outro marco biológico, a criação de vida.

_______________________

Se você se interessou que quiser ler mais sobre segue os links abaixo:

Cientistas montam célula controlada por genoma fabricado em laboratório

Obama pede análise sobre implicações de genoma sintético

The Guild

The guild é uma série para a internet, criada e estrelada por Felicia Day. Gira em torno de sua personagem que é uma nerd extrema que joga MMORPG e não faz mais nada da vida. Felicia é uma ótima atriz, sendo que fez um musical sensacional do Joss Whedon (que eu vou falar dele mais tarde), além é claro de ser muito bonita e ruiva, e ainda é uma jogadora de MMORPG, obviamente não como sua personagem na série. Depois se eu tiver tempo e criatividade eu faço uma resenha melhor.

O primeiro episódio eu postei acima, mas vejam todos. Já existem três temporadas e esse ano sai a quarta. Todos os episódio já tem legenda em PT-BR pelo próprio youtube, então se você não entende inglês pode assistir tranquilo.

Link do canal “The Guild” no Youtube

Link do site oficial

Link da série no ImDB

Link da Felicia Day no ImDB

“Viagem” à Marte de 520 dias.

“Seis homens da Rússia, Europa e China se preparam para passar 520 dias juntos e isolados do resto do mundo, simulando uma viagem a Marte.
O “embarque” acontecerá em 3 de junho, quando três russos, um ítalo-colombiano, um francês e um chinês serão trancados num conjunto de apertados compartimentos na sede do Instituto de Problemas Biomédicos, em Moscou, onde ficarão até novembro de 2011, como parte da missão chamada Mars500.”
Trecho da reportagem da Globo.com que você pode, e deve, conferir nesse link.


Eu, ao contrario de muitas pessoas, acho importante as pesquisas espaciais. Graças a elas nós tivemos incríveis avanços em várias áreas, principalmente tecnológicas, se hoje você está sentado na frente de um PC, Mac, Notebook ou outro aparelho eletrônico que permita internet devem agradecer a Yuri Gagarin e Neil Armstrong e se você não conhecem esses homens, não adianta continuar lendo. (Não acredito realmente que Neil Armstrong foi à lua, mas esse é outro assunto)

Mas sério, gastar uma fortuna, por que não vai se barato essa brincadeira, para fazer um experimento psicológico? Pra ver como os participantes vão se comportar tendo que fazer essas funções? Além disso, os tripulantes da ISS (Estação Espacial Internacional) estão basicamente fazendo isso, experimentos, testes e vivendo isolados, mas pra valer, com resultados reais e com aplicações de verdade, não era mais fácil, barato e produtivo em vez de trocar a tripulação da ISS a cada seis meses deixar esses lá em cima, trabalhando de verdade, por 520 dias? Precisava desse aparato todo? E o pior é que isso não é treinamento, é simplesmente um experimento como eu já disse. Ninguém vai pra Marte, não tão sedo pelo menos.

Se chamassem o Pedro Bial poderiam fazer um BBME (Big Brother Mars Experiment). E quanto ao homem não ir para a lua, vou fazer ainda um post gigante sobre essa minha conclusão (e não teoria).

Putz, o jeitinho de novo não…

O Brasil é um país lindo, com muitas belezas naturais (beleza natural mostrada abaixo), recursos e o escambal. Com todos esses recursos as mãos nós deveríamos ser um pais de primeiro mundo já. Mas ao contrario, estamos bem atrás.

Analisando historicamente, nosso pais foi colonizado principalmente de bandidos e mendigos que os portugueses queriam se livrar, por isso os mandaram para cá. Os poderosos que vieram só queriam mais dinheiro e mais poder. Finalmente a escravidão para fechar nossa linda colonização com chave de ouro.

O brasileiro é criado de maneira a ver o mundo de maneira diferente. O mundo do brasileiro é dar a perna no vizinho, de querer lucrar, de que de dar bem, surrupiar. Sempre foi assim, sempre foi um querendo se dar bem encima do outro, e isso dentro de todas as escalas socioeconômicas. Por isso o problema desse pais não social nem econômico, é mental.

O brasileiro é conhecido mundialmente não pelo futebol arte, não pelas belas praias, e sim pelo jeitinho. É a famosa malandragem, e isso é como os estrangeiros vêm os brasileiros, um bando de malandros. Sendo inclusive (eu apenas ouvi falar) que teve um época que os brasileiros para entrar na Disney tinham que assistir um vídeo de orientações, APENAS os brasileiros.

Todo brasileiro tem isso dentro de si, foi criado vendo isso e muitos acham normal. Roubar bala nas lojas americanas, 99% já fizeram (Eu sou parte dos 1%), mas e agora? Por que ficar alegre achando que está por cima da carne seca porque roubou R$0,05?

Os políticos desse pais refletem a realidade da população, como você quer cobrar honestidade do seu deputado, sendo que se a caixa do supermercado te der R$10,00 a mais de troco você fica quieto saindo com o sentimento de “ganhe meu dia”.

Eu acredito que esse país possa mudar, mas isso só vai acontecer se a população mudar sua forma de pensamento, pensar coletivo e não individualmente e acima de tudo, olhar para os outros e não apenas para o próprio umbigo.